Planejamento no Sétimo Workshop Caracol com a Caracol Chocolates

Provavelmente você já sabe que a Florestal Alimentos, que há um pouco a mais de um ano adquiriu a Planalto, no outubro passado se tornou a dona da Caracol Chocolates. Independente dessa fusão, nosso PDL não foi comprometido, pelo contrário, já nesse encontro do dia 11/11 participaram alguns gestores da Florestal. Por isso, começamos o dia falando sobre o que era, a importância e resultados esperados do nosso Programa de Desenvolvimento de Gestores como, por exemplo, mas não se limitando a:

  • Trabalhar o autoconhecimento, automotivação e autoliderança;
  • Desenvolver liderança consciente e inspiradora, focada no desenvolvimento das pessoas;
  • Fortalecer o time de líderes na cultura da mudança, para que tenham segurança na gestão do negócio;
  • Desenvolver o pensar estratégico com foco na melhoria dos processos e concretização dos resultados;
  • Preparar o time para lidar com a complexidade que o progresso saudável exige;
  • Planejamento.

Pensando no momento de transição da empresa, buscamos falar sobre o planejamento, além de trazer uma visão clara e lógica sobre o atual momento das lideranças, e as expectativas da empresa em relação as mesmas.

“O planejamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com o futuro de decisões presentes. ” Peter Drucker

Para um bom desenvolvimento do programa e visando maior engajamento da equipe, usando a nossa metodologia de trabalho desafiamos, incentivamos e buscamos soluções para problemas complexos ligados diretamente ao dia a dia de cada um. Para isso utilizamos as Estruturas Libertadoras, o Innovation Brainstorm, e o Project Model Canvas, além de atividades experienciais ao ar livre.

Com o Brainstorm, que é um quadro de Inovação dividido em várias etapas e 5 passos diferentes, eles conseguiram refletir individual e em grupo, e à partir disso estabelecer as principais estratégias de inovação para produtos e serviços, tanto que já circulam e estão no mercado, quanto para novos.

Como o propósito era termos objetivos para o grupo que fossem assertivos, mensuráveis, claros e passíveis de serem atingidos, utilizamos, para gestão dos projetos de inovação, o Project Model Canvas, tornando as ideias em algo que ao mesmo tempo desafie e motive a equipe para atingi-lo.

Agora, com o time de líderes alinhados às estratégia da empresa, além de dar foco ao trabalho, buscamos garantir que a melhoria contínua se mantenha como propósito de todos.

Em janeiro de 2020 teremos o último Workshop com esse grupo, até lá seguiremos trabalhando com eles por meio de acompanhamento periódico onde vamos monitorando processos e resultados.

Até breve!



Deixe uma resposta