Mantendo-se motivado

Vivemos em um mundo volátil que nos apresenta desafios constantemente, alguns destes são mais difíceis de transpor e nos fazem questionar se somos capazes.

E para nos impulsionar e vencer o desânimo nesses momentos de dúvida, podemos contar com algumas técnicas de automotivação.

A automotivação é o ato de motivar a si mesmo, apesar do cenário externo. É encontrar motivos dentro de si para alcançar seus objetivos, agir de acordo com o que tem que ser feito.

Identificamos três principais cenários de incerteza atuais e que podem comprometer nossa motivação, que são econômico, saúde, ambos devido à crise gerada pela pandemia do Covid19, e alinhamento de valores entre as empresas e colaboradores.

Com base nisso, trazemos alguns tópicos que podem ajudar você a manter-se motivado.

  • Manter o aprendizado constante
    É de extrema importância se manter atualizado, com a mente ativa e adquirir novos conhecimentos. Busque áreas de seu interesse e reserve meia hora por dia para estuda-las.
  • Descubra seu propósito
    Invista em algo que você ama para trabalhar. Se você sente dificuldade nesse ponto, uma ferramenta bastante útil é o Ikigai, que ajuda a definir seu propósito, questionando e unindo o que você ama fazer, o que faz bem feito, o que ganha para fazer e o que faz bem ao
    mundo.
  • Usar o tempo de forma produtiva
    O tempo é um bem precioso e precisamos aproveita-lo da melhor forma.
    Uma opção interessante para identificar se uma atividade é importante, é utilizar o Golden Circle. Esta ferramenta ajuda você a avaliar pontos como as habilidades e competências que serão desenvolvidas, como pode realiza-las e por que isso é importante.
  • Filtrar as informações
    Somos bombardeados com informações o tempo todo e para manter a mente saudável temos que saber filtra-las. Foque no que te traz crescimento, o que faz você se sentir bem. Leia um bom livro, escute boas músicas, assista bons filmes, e evite conteúdos vazios.
  • Pensar positivo
    Tente olhar o que está acontecendo e o que está planejado com uma visão otimista, isso ajuda a sua rotina a se tornar mais leve e menos desgastante. Se alguém pedir para você realizar uma atividade que você não gosta muito, ao invés reclamar, pense no conhecimento e experiência que você irá adquirir.
  • Inquietação produtiva
    Pare de gastar seu tempo pensando no que você precisa fazer e realmente faça. Você precisa agir e tentar sempre se superar. Outra ferramenta útil nesse momento é o PDCA (Plan, Do, Check, Action) identifique o que precisa ser feito, planeje, aja, verifique e melhore. É um ciclo que se realimenta.
  • Manter uma rotina
    Crie uma rotina de produtividade e que ajudará você a manter o seu equilíbrio e energia em dia. Você pode começar com pequenos passos, e assim você passa a vencer a falta de motivação e ter mais energia para as tarefas do dia a dia.
  • Realizar atividades que te fazem bem
    Faça atividades que gosta e que fazem sentir-se bem. Vale um passeio num parque, meditação, ler um livro, cozinhar.
  • Comemorar pequenas conquistas
    É muito importante que você reconheça suas conquistas, e pensando nisso, por que não se recompensar a cada meta alcançada? Pode ser algo simples como uma ida ao cinema, um passeio no parque, assistir um show, podem ajudar a aumentar seu ânimo para alcançar os
    objetivos.
    Uma dica é estipular uma hierarquia nas recompensas de acordo com a importância das metas alcançadas, para te motivar a atingir seu objetivo maior.
  • Não desista
    Por mais que a batalha seja árdua, não fuja dos desafios e tente superar o medo. O conhecimento e a preparação são essenciais na conclusão das grandes etapas, e você pode dividir sua meta em ações menores, para atingi-la aos poucos e de forma mais alcançável.
    Aqui pode aplicar duas ferramentas: o Grow, para ajudá-lo a definir um objetivo consistente, fazendo você analisar se ele é viável, inovador, desafiador e atingível. E também a Matriz de Competências, para que você possa identificar os pontos que precisa evoluir, mas também que se lembre de seus pontos fortes.
    Esperamos que estas dicas possam te ajudar em sua jornada de automotivação, para que seu cotidiano se torne mais agradável e estimulante.
  • E lembre-se de sempre acreditar em si mesmo, aprender com os erros e tornar-se alguém mais forte. Você é capaz!

Artigo escrito pelos alunos da segunda turma da Escalada

– Ana Luiza
– Cláudio Rafael
-Débora



Deixe uma resposta