Cultura Prevencionista

Criar um ambiente prevencionista talvez seja o maior desafio enfrentado pelo setor de SST (Segurança e Saúde do Trabalho) das empresas.  A consciência de que cada um é responsável por si e pelo seu próximo é o ponto fundamental a ser observado em qualquer programa de segurança, dentro e fora do ambiente corporativo.

Quando entendemos que a vida é o bem maior, o instinto de preservação aflora e, com ele, o zelo, o cuidado por si, pelo outro e pelo patrimônio. Ao entender a importância de estar vivo, e com plenitude de movimentos para ir e vir, com capacidade plena de trabalho e de sustento próprio ou de outrem, queremos estar nesse estado, tornando-nos, assim, seres humanos mais conscientes, de atitudes e pensamentos voltados para o bem maior, que é a vida.

A vida, segundo o dicionário, é a “propriedade que caracteriza os organismos cuja existência evolui do nascimento até a morte”. Como o próprio conceito diz, evoluir do nascimento até morte é nossa missão enquanto seres humanos, seres que, no topo da cadeia, devem preservar a vida como um todo seja através de práticas diárias, como reciclar o lixo, cuidar dos animais e da natureza, em suma, lutar por um planeta melhor.

No programa VIVENDO A SEGURANÇA, criamos ambientes e desenvolvemos ferramentas que buscam despertar esse sentimento prevencionista dentro de cada um, sentimento que demonstra a consciência de que o indivíduo faz parte de um todo. O Programa VIVENDO A SEGURANÇA vai muito além de palestras e treinamentos normativos, ele busca uma mudança consciente de comportamento a favor do que é coletivo.

Viva com plenitude, seja consciente, seja prevencionista VIVENDO

 Por Israel Cabral, parceiro VIVENDO. 

www.israelcabral.com.br



Deixe uma resposta